Odissi > Origem > Gotipua

Evento extremamente importante para a evolução da dança Odissi foi o estabelecimento do sistema Gotipua onde meninos eram instruídos pelos Rajgurus na dança e canto das Mahari. Algumas evidências indicam que o sistema Gotipua teve sua origem no reino de Pratapa Rudradeva (séc.XIV e XV) e ganhou popularidade no período de invasão muçulmana por conta da rigidez do sistema purdha que mantinham as mulheres reclusas.

Esse era o cenário perfeito para o movimento neo-Vaishnava que ganhava força no estado de Orissa. Muito provavelmente os Vaishnavas encorajaram a adoração ao deus Vishnu de acordo com o culto Sakhi Bhava e introduziram o costume das danças dos templos apresentadas por meninos vestidos como meninas e não por mulheres como era o costume. Nesse contexto a dança e música Odissi tornou-se o veículo ideal para a disseminação da poesia devocional que refletia a reforma do culto Vaishnava. Uma das grandes contribuições da tradição Gotipua foi à visibilidade que as canções devocionais de Radha e Krishna obtiveram em todo o estado de Orissa.

A dança dos Gotipuas é sem dúvida nenhuma percussora da atual forma da dança Odissi e mantem sua própria identidade no perfil das artes perfomáticas de Orissa. Ainda é possível encontrar dançarinos Gotipuas em remotas vilas no interior de Orissa. Muitos dos atuais gurus do estilo Odissi, foram em sua juventude, dançarinos Gotipuas.

Há apenas dois km do templo erguido ao deus védico Surya em Konarak, encontra-se uma pequena comunidade que mantem viva a tradição Gotipua. Esta mesma comunidade abriga o Konarak Natya Mandap, um belíssimo anfiteatro ricamente decorado com estátuas – réplicas das dançarinas do templo de Konarak. O palco abriga três importantes festivais anuais de danca clássica indiana e é sede do projeto “Gotipua Gurukula”, dirigido pelo guru Padmavibhusham Gangadhar Pradhan. O projeto dá abrigo ao antigo sistema de ensino tradicional (Gurukula) onde os estudantes vivem em comunidade, cuja figura central é o guru (professor), que transmite ao longo desta convivência seu conhecimento e experiência. Crianças de cinco a seis anos de idade de famílias muito pobres oriundas de pequenos vilarejos do interior do estado, encontram no Gurukula um ambiente adequado para a convivência, estudo e treinamento na dança e música Gotipua e yoga.

Foto: Silvana Duarte

Odissi > Origem > Gotipua

Site |