Odissi > Estilo > Dança Abstrata

Oaprendizado de Nrtta ou dança abstrata, abrange o conhecimento do uso e aplicação dos movimentos do corpo dividido na dança clássica como Anga, membros maiores e Upanga, membros menores.

A técnica Odissi divide e apresenta as partes do corpo com suas respectivas posições e movimentos como: Bhangi – posições do corpo; Cala, movimento do torso; Padabheda, posição dos pés; Bhumi, formas de caminhar; Cari, movimento dos pés; Bhramari, giros; Uthas, saltos; Sirobheda, movimento da cabeça; Grivabheda, movimento do pescoço; Drstibheda, movimento dos olhos; Hastabheda, linguagem gestual das mãos.

Soma-se ao aprendizado em Nrtta o conhecimento de tala (ciclo de tempo e ritmo) e rag (modo melódico). A música para a dança abstrata tem como seu elemento principal a recitação dos bols ou sílabas rítmicas recitadas pelo percussionista que toca o pakawaj. Importante diálogo rítmico é estabelecido entre a percussão e os pés do dançarino. Na dança pura, abstrata, os hastas (gestos das mãos) e expressão corporal são utilizados para dar beleza ao movimento. Mas mesmo sendo a dança abstrata desprovida de conteúdo literário, existe um bhava, um estado interno em particular que é experienciado pelo dançarino – ator que por sua vez é inspirado pelo “sabor” do modo melódico (rag) e pelo prazer da realização do movimento puro.

Foto: Silvana Duarte
Dançarino: Rahul Acharya

Odissi > Estilo > Dança Abstrata

Site |