Como está o seu aterramento?

Ter uma “boa base” significa que você está ligado à Terra: você tem “os pés no chão” e está centrado interiormente e está “enraizado”.

A sabedoria antiga sempre soube da importância desse “aterramento” e é por isso que o trabalho rítmico dos pés, tão presente na dança indiana, são um exercício maravilhoso de conexão com a Mãe Terra … Bhumi … Gaia!

É por meio deste aterramento e trabalho rítmico dos pés que nos sentimos em conexão com o planeta e utilizamos dessa energia para física e emocionalmente nos equilibrar e curar. Quando não estamos em equilíbrio estamos propensos a experimentar stress e gerar bloqueios. É assim que os pés e o trabalho rítmico realizado por eles, podem operar uma sensível transformação em nós mesmos, nos tornando um canal receptor de energia benévola.

Na dança Odissi, toda prática inicia e finaliza com uma saudação à Mãe-Terra. É nessa conexão que reforçamos o vínculo com esse planeta vivo, que nos nutri, acolhe, ampara e nos mantêm no AGORA, conectados à uma realidade de abundância e prosperidade que se manifestada em cada momento de nossa vida diária.

A superfície da Terra é negativamente carregada e tem um suprimento ilimitado de elétrons “livres”. Se o seu corpo tem muita carga positiva a criação de radicais livres, os elétrons livres da terra podem ajudar a neutraliza-los. Quando nossos pés ou nossos corpos tocam o solo, os elétrons fluem naturalmente do lugar onde eles são abundantemente (a terra) para onde eles não são, nossos corpos. Muitas pessoas acham que esta ligação com a terra imediatamente produz uma sensação de bem estar, desencadeando inúmeros benefícios para a saúde psicofísica. (Quantumiumping)

Texto: Profa. Silvana Duarte
Vídeo: Padmaa – Arte e Cultura – Bhubaneswar 2014